Resenha: E não sobrou nenhum.

Bom dia desventureiros, trago-lhes a resenha de um livro fascinante. Vamos lá:

Dez pessoas foram convidadas a passar um final de semana em uma mansão que fica em uma ilha. Elas não se conheciam e muito menos conheciam a pessoa que as convidou. Mas não passava pela suas cabeças que estavam em uma embocasda por alguém que queria julgá-los. Eles só passam a saber da situação quando é tocada uma gravação misteriosa por um gramofone antigo que lhes fala todos os crimes cometidos por eles no passado. Por medo do que vai acontecer, todos eles se juntam para tentar descobrir quem fez a brincadeira de mau gosto até que ocorre o primeiro assassinato. O medo e o pavor toma conta dos personagens e todos ficam tentando descobrir quem está por trás dos assassinatos. Com o tempo eles descobrem que ar mortes estão relacionados com um antigo poema sobre dez soldadinhos que foi gravado na parede de cada quarto da mansão.

“Dez soldadinhos saem para jantar, a fome os move; um deles se engasgou, e então sobraram nove…”

O livro foi anteriormente publicado como “O cado dos Dez negrinhos”  e mostra que como todos os livros da “Duquesa da Morte” (como é chamada a escritora) o final não pode ser previsto pelo leitor. A maior parte dos capítulos são escritos pelo ponto de vista de vários personagens, o que é muito interessante de se ler. Pra quem não conhece a Agatha (sou muita fã dela) ela é a mais famosa autora de romances policiais do mundo. Ela nasceu na Inglaterra, em 15 de setembro de 1890. Seus livros ao todo sao 80 romances e várias coletâneas de contos. Morreu em 12 de janeiro de 1976 por causa de um resfriado.

Pra quem gosta de um bom suspense, recomendo muitissimo esse livro. é um dos meus favoritos e digo para vocês uma coisa, o assassino é a pessoa que você menos espera que seja. Eu comecei a ler ele e simplesmente adorei de paixão, um dos melhores livros da Agatha. Então quem tiver afim de ler, leia por que vocês vão amar.Beijos e espero que adorem esse livro, como eu adorei.

Informações sobre o livro:

Editora: Globo
Autora: Agatha Christie
Ano: 2009
Número de Páginas: 390

2 pensamentos sobre “Resenha: E não sobrou nenhum.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s