Resenha: Coração de Tinta

Hello! Bem, faz muito tempo que eu queria ler esse livro, mas tenho um pequeno problema: falta de verba. Aí aconteceu uma coisa maravilhosa, eu achei ele na biblioteca do meu colégio e não tive dúvidas, peguei ele para ler e amei. Coração de Tinta é o primeiro da trilogia Mundo de Tinta que conta com o Sangue de Tinta e Morte de Tinta. Vamos a resenha.

 Sinopse: Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. Quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado “Coração de Tinta”. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de Coração de tinta um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.

(Cena do filme Coração de Tinta)

Mortimer ou Mo é um grande encadernador de livros. Desde de novo, descobriu que tinha um dom especial, o dom de trazer vida aos personagens que lê em voz alta. Como tudo tem um lado ruim, seu dom não ficaria de fora, para trazer um personagem ao nosso mundo outra pessoa deve entrar no  livro. Mo tem uma filha chamada Meggie que ao completar três anos testemunhou sua mãe desaparecendo e que trouxe dos livros três personagens que são: Dedo Empoeirado, Capricórnio e Basta.

Capricórnio que é um vilão, usufruiu do que nosso mundo pode oferecer e se tornou mais perigoso do que já era. Com a ajuda de Basta e de Dedo Empoeirado (apesar dele não ser mal), ele oprimi Mortimer a trazer tudo que ele quiser de dentro dos livros. Mortimer vendo que isso só trara mal as pessoas, lutou para fugir das garras de Capricórnio. Dedo Empoeirado após ver que ele está fazendo coisas ruins, tratá de ajudar Mortimer e Meggie a se livrar de Capricórnio e trazer uma soluçao para mandá-los de volta ao livros. Ocorre então a ideia de ir atrás do escritor do livro e tentar resolver tudo com a ajuda dele.

Durante o livro, a autora narra vários acontecimentos importantes pra dramatização, além de reviravoltas inesperadas. Pra quem gosta de aventura (tipo eu) recomendo ler esse livro. Uma coisa que chamou bastante minha atenção foi a criatividade da autora. Pra cada começo de capítulo a autora homenageia vários autores, colocando trechos de seus livros, como por exemplo Senhor dos Anéis, Crônicas de Nárnia, etc.  Aliás, quem lê ele com certeza pensa no tanto que seria maravilhoso trazer alguns personagens de livros para a vida real, eu pelo menos queria esse dom.

Bom por hoje é só e espero que tenham gostado. Muitíssimos beijos e uma boa noite pra todos vocês.

Informações sobre o livro:
Editora: Cia. das Letras
Autora: Cornelia Funke
Ano: 2008
Número de Páginas: 456

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s