Resenha: O Cirurgião

Hey Hey Desventureiros! Eu disse que voltava não disse?! E hoje eu trago a resenha de um livro que literalmente me tirou o sono!

O Cirurgião da Tess Gerritsen é um livro para pessoas corajosas e que não se impressionam com um pouquinho de sangue. Até porque, o livro é sangrento.  Bora lá?! 

Imagem

Sinopse: Tess Gerritsen, neste livro assustador, narra o rastro de sangue deixado por um assassino cruel. O agressor entra na casa de suas vítimas na calada da noite e segue até o quarto delas. Mergulhadas em sono profundo, as mulheres ignoram que irão acordar para um terrível pesadelo… A precisão com que ele investe contra as mulheres, somada à crueldade de agressão – útero das vítimas é arrancado -, sugere que o responsável pelas atrocidades seja um médico psicopata. Os jornais de Boston passam então a chamá-lo de “O Cirurgião”. Em um livro de tirar o fôlego e com descrições minuciosas, a autora nos apresenta a um rico universo de personagens, ao criar um romance de suspense e profundidade inéditos. 

 

Eu comecei a ler esse livro em um sábado a noite, daqueles em que você não vontade de nada sabe?! Ai pensei: vou ler algo diferente hoje. E escolhi esse livro porque eu adoro o seriado que foi baseado nele. Caso vocês não conheçam, Rizzoli & Isles é um seriado da TNT baseado nos livros da Tess. É bom. Assistam!

Sobre o livro, ele é intenso. Tenso e intenso na verdade. Ele é o tipo de livro que prende a atenção porque é todo trabalhado no mistério. Muito da história se passa na Divisão de Homicídios de Boston, onde a Detetive Rizzoli é a única mulher. ((e ela sofre por isso. Vocês sabem né, homens já são machistas por natureza, policiais são ainda piores tsc tsc)). Boston esta sofrendo nas mãos de um serial killer digno de Hannibal Lecter. Mulheres são atacadas na calada da noite em suas próprias casas, onde um maluco as mutila e mata. Por ser absurdamente preciso em seus atos e pela pericia com que comete seus crimes ele foi apelidado de O Cirurgião e cabe a Jane Rizzoli e Thomas Moore desvendar a identidade do assassino.  Em meio as investigações eles encontram a Dra Cathrine Cordell, que no passado foi a única vitima sobrevivente a um ataque semelhante. Mas parece que os pesadelos da Dra Cordell estão longe de acabar.

Quando O Cirurgião começa a mandar mensagens ameaçadoras à Dra Cordell e parece estar cada vez mais próximo de alcança-la o livro atinge o ápice de seu suspense e é a partir daí que o cerco se fecha e a pressão para descobrir quem é o assassino cresce, levando o leitor a desconfiar de tudo e de todos.

O Cirurgião nos apresenta a um assassino frio, meticuloso, macabro e absurdamente inteligente. É um thriller cheio de mistério, suspense e violência com descrições incrivelmente precisas de procedimentos médicos e detalhes perturbadores das mutilações. Se você tem nojo de histórias sangrentas ou se impressiona com coisas muito “fortes” fique longe de O Cirurgião.

Eu tenho que confessar pra vocês que enquanto eu lia O Cirurgião eu tive alguma dificuldade para dormir, sim eu fiquei com medo ok?! E também fiquei morrendo de medo de ficar sozinha em casa durante um tempo. Fora isso, o livro é absurdamente impressionante e eu gostei bastante. Aposto que vocês também vão gostar. Ou não.

Bem, era isso que eu tinha pra dizer.

Beijoos

Maltinee

2 pensamentos sobre “Resenha: O Cirurgião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s