Boa noite! Como estão? Espero que bem e mais sociais que eu que estou em casa em plena sexta. hahaha. Mas sinceramente eu ando querendo só cama e poder estar em casa já é lucro. xD

A resenha de hoje é do livro ” Um homem de sorte” do Nicholas Sparks. Eu li esse livro no começo dessa ano,eu acho. Gostei pra caramba da história e dei altos suspiros. Que atire a primeira pedra quem nunca suspirou lendo um livro do Nicholas.

Sinopse: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografa dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” “Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fm de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (…) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar.

Me julguem,mas eu sou apaixonada na forma como Nicholas escreve seus romances. O autor sempre descreve os personagens na medida certa pra você se familiarizar e apaixonar por eles. E as histórias? Muita gente acha que os livros do Nicholas são a mesma coisa, sempre com alguém morrendo e com um amor impossível. Pra você que tem esse pensamento : Leia esse livro.

O livro conta a história de Logan, um soldado americano. Durante a guerra no Iraque,Logan encontra a foto de uma mulher na areia.Não encontrando o dono da foto ele acaba ficando com ela. Um dos seus amigos acredita que a foto é o seu amuleto da sorte e depois da guerra o soldado tem um objetivo: Encontrar a mulher da fotografia.

Imagine você: Logan só tem uma foto e nada mais. Nenhum telefone, endereço,nada. Ele inicia o trabalho do zero e começa a procurar por sinais que o leve até a cidade onde a foto foi tirada e ele consegue a encontrar. Caminhando mais de 30 km’s por dia junto de seu pastor alemão,Logan Thibault finalmente se vê de frente a Beth ,a mulher da foto.

Aí você pensa: Blhé que clichê nelly. Sinceramente,eu não achei. BRIGUEM COM A MINHA ALMA PIEGAS. Mas eu apaixonei na forma como Logan estabelece um objetivo e o cumpre. E na forma como Nicholas consegue narrar o passado e ao mesmo tempo o presente de Logan. É um romance cheio de “awns e owns” mas também um tanto incomum. Porque eu não acho comum um homem achar uma foto e ir procurar a mulher no fim do mundo. hahaha. Eu mandaria um homem desse ir pastar e pedia uma ordem de restrição. Será como que Beth reage? Pra você descobrir vai ter que ler o livro.  xD

Eu lembro até hoje do dia que eu terminei esse livro: Eu estava na faculdade e quando eu terminei a penúltima página eu gritei ” EU NUNCA MAIS VOU LER UM LIVRO DO NICHOLAS” não quis ler nem o epílogo. Mas depois que a raiva passou eu dei conta de terminar e deixei a ideia de não ler as obras do Nicholas de lado.

Vocês sabem que saiu o filme com o lindo do Zac Efron e a fofa da Taylor Schilling. Eu ainda não vi o filme,mas acho que vou ver hoje. Quem quiser ver o aqui está o trailer xD

Espero que vocês tenham entendido alguma coisa da minha resenha confusa. E um ótimo fds pra vocês

Beijos beijos ;*

Anúncios

2 pensamentos sobre “

  1. Hahaha, eu entendi a resenha! Já ouvi falar muito desse livro, mas ainda não li. O Nicholas escreve super bem, mesmo! A história, pelo visto, é bonitinha. E, afinal, quando que um homem iria procurar uma mulher sem saber ao menos onde mora, ou até o nome? E se ela for ou fosse, casada? Será que ele começou a sentir algo por ela, depois de decidir procurá-la? Perguntas que só serão respondidas no decorrer da leitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s