Oi gente!

Como vocês estão?!

É sempre muito bom aparecer por aqui e etc.

Vim trazer pra vocês a resenha de um livro que eu terminei de ler ontem.

Aviso: Não leia esse livro perto dos seus pais tá?!

 

 

Cinquenta Tons de Cinza – Livro 1 – E. L. James

Sinopse:

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja.

 

Vocês devem saber que o livro esta dando o que falar e gerando muita polêmica por aí né?! Não poderia ser diferente, o livro trata de um dos maiores tabus da sociedade desde sempre.  Sexo. Sim, o livro fala sobre sexo, especificamente sobre sadomasoquismo. Na contra capa já vem um pequeno aviso de que o livro é classificado como conteúdo adulto, e se você é uma pessoa muito delicada, muito recatada ou tem problemas com cenas gráficas de sexo e palavras de baixo calão, é melhor não arriscar. Outra coisa que vocês devem saber é que o livro era uma fanfic de Crepúsculo, que devido ao imenso sucesso entre as fãs teve seus direitos autorais comprados por uma editora americana e virou um sucesso editorial. Eu creio que o sucesso do livro é por ser voltado para o publico feminino. Todo mundo sabe que a “indústria pornográfica” é voltada para os homens, fazer algo voltado para as mulheres realmente vai trazer sucesso.

Falando francamente sobre o livro, tenho que alerta-los que a escrita não é das melhores, mas nada que impeça de ler o livro. Se você gosta de livros estilo Romance de Banca ((eu gosto tá galera, não me julguem)), então você provavelmente vai gostar do livro, ele segue bem a linha romance de banca: um enredo não muito elaborado, o foco maior é no relacionamento físico mesmo. ((e falando sério, tem romance de banca por ai com muito mais conteúdo)).  Não espere um livro genial. Sério, tem umas coisas realmente forçadas e passagens absurdamente repetitivas, tipo as milhares de vezes que ela enfatiza os “lindos olhos cinzas” de Grey, e que ele se enfurece por ela estar mordendo os lábios ((se repete em média a cada duas páginas)).

O livro me levou a pensar até que ponto uma pessoa iria para satisfazer outra pessoa. É uma questão de se entregar fisicamente, psicologicamente e emocionalmente a alguém que não está disposto a entregar o mesmo.  Christian Grey não quer amor, nada de flores, sentimentalismos e blá blá blá. Ele quer sexo e quer em seus próprios termos. Anastasia resolve entrar no jogo dele porque esta apaixonada e é exatamente ai onde esta o perigo, esse não é o tipo de jogo onde há espaço para o amor. Eu particularmente não vejo problema com a parte das algemas, mas nunca – NUNCA MESMO – deixaria alguém me bater por puro prazer.  Mas é claro que quem tem algum conhecimento do universo BDSM sabe que não é assim que as coisas funcionam. Vai muito além de chicotes, algemas e roupas de couro, ele espera controle absoluto sobre a vida de outra pessoa. O que comer, o que vestir, quanto tempo dormir e etc.  Sei lá, acho que a “submissa” no caso perde muito da sua própria personalidade para satisfazer outra pessoa. E é exatamente essa a sensação que o livro passa. Ana cria uma dependência muito grande de Christian em pouquíssimo tempo e eu achei isso muito “intenso”. Fala sério! Como alguém pode se apaixonar e se entregar de corpo e alma pra outra pessoa em tão pouco tempo?! Isso me pareceu meio absurdo.

Mas, na defesa de Ana, tenho que dizer que ela não é uma submissa tão submissa assim. Ela vai contra algumas regras e não deixa de falar o que pensa mesmo que isso a deixe em uma situação ruim.

Enfim, se eu tivesse que classificar o livro daria uma nota 6.

A minha dica se você pretende ler o livro é que ignore tudo o que esta sendo dito em jornais, revistas e redes sociais, ((ele não vai mudar sua vida radicalmente como algumas revistas tem dito por ai, mas ele pode, sim, te ajudar a descobrir algumas coisas sobre si mesma)) não crie grandes expectativas e livre-se de preconceitos.

E divirta-se é claro. Tem umas coisas que podem te fazer rir e outras que podem te dar algumas ideias, caso essa seja a sua praia.

Acho que é isso.

Beijoos

Maltinee

PS: O livro está sendo amplamente divulgado como “Pornô para Mamães”. Eu não gosto nem de imaginar minha mãe lendo isso. Sério gente.

PS²: Antes que vocês comecem a pensar demais, eu não tenho nenhum conhecimento no universo BDSM, o meu único conhecimento vem de um artigo da Wikipédia que eu li antes de ler o livro para ter uma ideia do que se trata. 

4 pensamentos sobre “

  1. Eu comecei a prestar atenção em 50 Tons de Cinza quando as vendas dele dispararam (ultrapassando Harry Potter!) e só se falava nele, e deixei de dar importância à série quando eu comecei a ler as fortes críticas quanto a qualidade do enredo. A impressão que tive é que todo o burburinho era exclusivamente graças às partes pornográficas – e não porque ele tinha uma boa narrativa, personagens bem construídos etc. Eu gostei que você tenha feito essa resenha porque eu realmente carecia de uma última opinião para ter certeza de que ele não é mesmo esse livro todo e de que eu não vou definitivamente acrescenta-lo a minha lista. (como se eu fosse o público-alvo dele… rs) Muitas pessoas devem apreciar desse tipo de literatura, mas não é o meu caso.
    Só um comentário pessoal: eu, honestamente, também não entendo de BDSM, mas eu não acho que conseguiria ser a favor de alguma forma de submissão, mesmo voluntária…
    O mais engraçado é quando a autora tem que dar entrevistas e responder aos repórteres mais atrevidos que querem saber se ela vivenciou tudo o que escreve… dá pra notar o quanto ela fica sem graça de tocar no assunto. haha
    Beijos

    P.S.: “ele se enfurece por ela estar mordendo os lábios ((se repete em média a cada duas páginas))” HAHA

    P.S.2: O Saturday Night fez uma propaganda muito engraçada pra Amazon sobre o 50 Shades – http://www.youtube.com/watch?v=RO0XDAdq718 😛

  2. Eu gostei muito do livro …
    Tanto que quando pedi pro meu marido de natal , pedi a trilogia .. hehehehe
    Mas nós mamãe merecemos um livro assim né ? hehehehe
    Mamães tbm gostam de ” brincar ” …
    Desculpe a brincadeira , mas além das partes BDSM , me diverti mtoooooooooo com Anastacia .
    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s