[Resenha] Dizem por Aí – Jill Mansell

 

Oi meu povo. Tudo bem com vocês?

Hoje trago a resenha do livro Dizem por aí da autora Jil Mansell. Essa autora também escreveu o livro Uma Proposta irrecusável. Aliás, ele está na minha lista de desejos. O livro, eu ganhei em um sorteio no blog Poderosas & Girlies e veio com um kit super fofo.

Vamos a resenha, né? rsrs

Título: Dizem Por Aí
Autora: Jill Mansell
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430
Ano: 2012
Skoob

Em um belo dia, Tilly Cole chega em casa do trabalho e descobre que seu namorado foi embora deixando-a sozinha em um flat. Sem querer ficar só, ela viaja para a casa de sua amiga Erin. Na visita ela acaba vendo um anuncio de emprego no jornal e se interessa pela vaga. Ao fazer a entrevista de emprego, ela descobre que será uma garota faz-tudo para Max Dineen e sua filha Louisa.

Max é dono de uma empresa de designer de ambiente e as vezes trabalha em parceria com Jack Lucas.
Jack é famoso por ser o homem mais bonito da cidade e também o mais “pegador”. Além disso, ele é o melhor amigo de Max, que acaba fazendo com que a Tilly o veja frequentemente.
Mas Tilly não quer ser igual a todas as mulheres da cidade, que correm atrás do Jack. Por isso ela tenta ao máximo controlar seus sentimentos por ele.

Antes de começar a ler o livro, eu li a sinopse (que é de lei) e percebi que ia ser romance. Fiquei um pouco com um pé atrás de começar, por que depois que eu li Percy Jackson eu meio que perdi o gosto de ler romances melosos. Mas eu estava errada.

O livro não trata apenas da vida da Tilly e do Jack. Ele conta as lutas que a mãe da Louisa que mora em outro país e é atriz famosa passa, sobre como é complicado para a Erin ser feliz com o novo namorado, como uma doença pode mudar os planos, as fases da adolescência…  E outra coisa, não é só romance, é também sobre problemas diários, homofobia e humildade. Enfim, tem aquele amor entre duas pessoas, mas não é uma coisa melosa, entende?

A leitura foi super leve. Quando você tá lendo, não percebe o tempo passar. E tem muitas partes que a história é engraçada e isso ajudou muito para a leitura. Os personagens são simpáticos e apaixonantes. E só para acrescentar, eu comecei ele em uma manhã de sábado e terminei ele na noite de sábado. Se ele não fosse bom, eu não teria “engulido” ele, certo?

Como vocês podem perceber, eu me apaixonei no livro (e nos personagens). Ele entrou para a minha lista de favoritos e com certeza vou reler ele quando tiver tempo.

Recomendadíssimo. 😀

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s