[Resenha] Morte Súbita – J. K. Rowling

 

Título Original: The Casual Vacancy
Autora: J. K. Rowling
Editora: Nova Fronteira
Número de Páginas: 512
Ano de Lançamento: 2012

Sinopse: Quando Barry FairBrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista. A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas? Com muito humor negro, instigante e constantemente surpreendente, Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J.K. Rowling, autora com mais de 450 milhões de exemplares vendidos.

A história é basicamente sobre a cidade de Pagford e os seus problemas. E o principal deles é o bairro de Fields. Lá moram as pessoas com uma condição menor. A população de Pagford é toda certinha e ninguém de lá gosta das pessoas do Fields, exceto, Barry FairBrother.

Com a morte de Barry, sobra uma cadeira no conselho da cidade e ai começa a luta entre os candidatos que querem ocupar esse lugar vago.  Com isso, já dá pra saber que boa parte da história é sobre politica. E eu não sei vocês, mas eu odeio politica.

Até na metade do livro é só contando os problemas das pessoas que moram em Pagford e essas explicações fazem a leitura ficar confusa e tediosa. O “confusa” é porque são muitos, mas muitos mesmo, personagens. Você tem que ficar lembrando toda hora quem é esse personagem, quem é aquele. Eu confundi demais.

Mas depois da metade, o livro começa a ser surpreendente. J.K. Rowling tem uma criatividade que me assusta. Ela escreveu episódios ótimos para a história. Se você começou a ler e parou por causa das explicações do começo, não desista. Continue lendo, porque o final vale a pena. É um final inteligente e nada clichê.

Alguns personagens são cativantes, outros estressantes, porém amados (rsrsrs). De 0 a 5, minha nota para o livro é 4. Só não dou 5 por causa do tédio que senti no começo.

E vocês, já leram? Querem ler?

Beijos.

4 pensamentos sobre “[Resenha] Morte Súbita – J. K. Rowling

  1. Óh, sim, li. E pretendo reler. Concordo com você sobre o começo ser chato, entendiante e monótono. Mas depois fica realmente bom – e não falo isso só porque sou fã da J.K.. Krystal é uma personagem incrível e foi bem trabalhada, mas a minha favorita é a Sukhvinder. E eu odeio o Bola. Quem quiser gostar dele e tudo, beleza, mas é um tremendo sacana nada autêntico. No mais, é isso. Só lendo pra sentir as fortes emoções que o livro proporciona – depois da metade.

  2. Pingback: Livros lidos no mês de Julho | Desventuras em Books

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s