[Resenha] No Limite da Atração – Katie McGarry

Título Original: Pushing the Limits
Autora: Katie McGarry
Editora: Verus Editora
Número de Páginas: 364
Ano de Lançamento: 2013

Sinopse: “Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.

Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.

Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.”

Primeiramente, já vou dizendo que amo ficar curiosa sobre algo, em algum livro. No começo do livro conhecemos a história da Echo, porém, como é ela que narra, ela não se lembra da noite em que ganhou as cicatrizes. E é esse mistério que fez com que o livro ficasse viciante.  A mesma coisa foi com o Noah. A história dele tem um pouco menos de mistério, mas é tão bem elaborada quanto a da Echo. E está errado quem acha que é uma história de amor adolescente, em colégios dos Estados Unidos. O livro é muito mais que isso.

Echo e Noah se conheceram por meio da Sra. Collins, que é a terapeuta deles. Eu achei a presença dela fundamental no livro. Além deles se conhecerem por meio dela, ela os ajuda a superar seus traumas. A autora escreveu de um jeito que não tira o foco da Echo e do Noah, mas que também dá foco à importância da Sra. Collins.

Eu amei o relacionamento do casal. Fiquei torcendo por eles desde as primeiras palavras que eles trocaram entre si. Amei principalmente o modo do Noah agir. Mesmo sendo um valentão e, às vezes, violento, ele demonstra muito amor por aqueles que ama. Confesso que fiquei (e estou) com inveja da Echo. Apesar de tudo que ela sofreu, ela continua sendo uma menina bonita, legal, super talentosa e que ainda ganha um final feliz. Acho que quem leu ficou curioso para ver os quadros que a Echo pinta, porque eu fiquei.

Um personagem que não aparece, mas é falado, é o Aires. Ele é o irmão mais velho da Echo, que foi para o Afeganistão e morreu. Não estou dando spoiler. Logo no começo do livro já fala dele. Apenas tendo o conhecido pelas histórias que a Echo conta, eu teria adorado ler um livro sobre ele. O modo de como ele é falado me deixou com uma vontade de “quero mais”.

A narração do livro se alterna entre o Noah e a Echo. Em cada capítulo, um deles narra. Eu gostei muito da narração dos dois. E isso é um milagre, porque eu quase não fico feliz quando meninas narram (tem umas muito frescas), mas a Echo me conquistou.

A autora escreve de um modo simples e fácil de entender. Você se prende de uma maneira que não aguenta largar o livro enquanto não descobrir o desenrolar dos acontecimentos. Não fiquei com tédio nenhuma hora enquanto lia ele. E para vocês entenderem melhor, eu quase não fico de ressaca literária, mas depois que terminei esse não consegui começar outra história. Então, minha nota pra ele de 0 a 5, é 5. Entrou para a minha lista de favoritos.

E para quem não sabe, esse livro é de uma série chamada Pushing the Limits. O segundo livroDare You To, já foi lançado no exterior. Espero que chegue rápido aqui no Brasil. Estou curiosa e apaixonada pela autora.

P.s.: No final do livro tem uma lista de músicas que a autora colocou. Lá ela mostra quais ela ouviu para ter inspiração em certas partes. E tem essa, que ela fala que é o desejo dela para a vida do Noah e da Echo.

3 pensamentos sobre “[Resenha] No Limite da Atração – Katie McGarry

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s