[Resenha] Lições do Desejo – Madeline Hunter

 

lições de desejo

Título Original: Lessons of Desire

Autora: Madeline Hunter

Editora: Arqueiro

Páginas: 272

Ano de Lançamento: 2013

Sinopse – Lições do Desejo – Madeline Hunter

Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.

Não sei se vocês sabem, mas eu gosto de livros de época. Na verdade eu gosto muito de livros de época.

Esse é o primeiro livro da Madeline Hunter que eu leio e posso dizer que gostei do estilo dela. Ela sabe mesclar situações românticas sem ser superficial ou clichê e com uma linguagem que não é pobre.

O livro é o segundo volume de uma série. A série se chama Os Rothwells e apesar de fazer parte de uma série cada livro tem sua história individual e a ordem em que você lê os livros não interfere no entendimento da historia em si.

Cada livro conta a história de um dos irmãos Rothwell.

Em Lições do Desejo conhecemos Elliot Rothwell, historiador, autor de livros, prepotente e meio arrogante e Phaedra Blair, uma personagem muito diferente do que costumamos ver em romances de época. Ela é adepta do amor livre, mora sozinha, não tem criadas e não se veste ou age de acordo com os costumes e as regras sociais da época. E é claro que ela é discriminada por todos que a cercam, mas eles parecem levar o comportamento de Phaedra como uma consequência da criação a que foi submetida, já que seus pais eram adeptos do amor livre e de uma sociedade sem amarras sociais. Sua mãe Artemis Blair, era uma estudiosa muito considerada no meio acadêmico e era também muito excêntrica.

Elliot e Phaedra se cruzam quando ele tenta a todo custo impedir que ela publique as memorias do falecido pai, nas quais um dos irmão de Elliot acredita conter trechos que podem manchar a reputação da família Rothwell. Decidido a evitar que isso aconteça ele viaja atrás de Phaedra. E mais da metade do livro se passa em vilas e cidades históricas da Itália onde Phaedra está para descobrir algo sobre a própria mãe.

A Itália sempre foi um país onde as crenças religiosas são muito fortes e o estilo de vida de Phaedra vai contra tudo o que a comunidade Italiana acredita e por causa disso ela acaba se envolvendo em alguns problemas, e entre resolver os problemas e manter Phaedra longe de confusão ela e Elliot acabam se envolvendo e se apaixonando. ((como em todos os livros de época, ou não.))

O livro é bem legal. O tema é interessante, mas Phaedra não convence como a mulher independente, forte e a frente de seu tempo que ela deveria ser. Isso porque parece que nem ela está convencida de que é isso que ela quer ser. Eu percebi em alguns trechos do livro que ela é assim muito mais por influencia da mãe durante sua infância e adolescência do que por ela realmente acreditar em tudo o que prega.

Apesar disso o livro é bom e cumpre seu papel de entreter e divertir. Além de ser muito superior aos livros de época que vemos por ai.

A questão principal do livro é que nos faz pensar até onde iremos pela pessoa amada e se devemos abrir mão das nossas crenças e valores para ficar com quem amamos.

Acho que em uma escala de 01 a 05 eu daria nota 3,5 para o livro.

Se algum de vocês já leu por favor me contem o que acharam.

Beijos

Maltinee

x)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s