[Resenha] Maze Runner – Correr ou Morrer – James Dashner

Título Original:  The Maze Runner
 Autor: James Dashner
 Páginas: 426
 Editora: Vergara & Riba
 Ano de Lançamento: 2010

Sinopse: “Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.
Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar – chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito. “

Comecei a me interessar por esse livro quando li sobre quem ia interpretar o Thomas. O ator, Dylan O’Brien (foto), participa da série Teen Wolf (que eu amo). Então, por meio dessa influência corri atras do livro. Finalmente, consegui pegar ele emprestado com um amigo (beijos Rodrigo).

Correr ou Morrer é o primeiro livro da Trilogia Maze Runner. Os outros dois, A Prova de Fogo e A Cura Mortal, já foram publicados e já estão a venda. Além da Trilogia, o autor escreveu um livro extra, no qual a história se passa antes do Correr ou Morrer. O livro extra, para quem se interessar, se chama Ordem de Extermínio.

A diagramação do livro ficou muito bem feita. Durante a leitura não achei nenhum misero erro da revisão. A capa é simplesmente fantástica, pois ela retrata o labirinto de uma forma que eu não conseguiria imaginar. Fora que no livro físico, o labirinto da capa é em auto relevo. Só imaginem na beleza…

Como o próprio nome do livro diz, os clareanos (meninos da Clareira) tem que correr ou morrerão. A ação e a aventura está presente em todas as 426 páginas. Maze Runner é daqueles livros que você arrepia, o coração acelera e que você se apega bastante aos personagens.

O personagem principal é o Thomas e é com ele que o livro começa. A maior parte da história gira em torno dele, porém isso não faz com que a narrativa fique cansativa. Os personagens secundários são tão importantes quanto o principal. Teve até alguns momentos que eu me apeguei mais a outro personagem do que em Thomas (apenas em alguns momentos).

O autor escreveu o livro de um modo que desde a primeira página eu não conseguia largar o livro. Desde a história do Thomas não saber nada da sua vida além do nome, até o aparecimento do “Cruel é bom”, a curiosidade e a vontade de ler só aumenta.

Acho que já deu para perceber que amei o livro, né? Com toda a certeza, o livro merece 5 estrelas. Foi um dos melhores livros lidos em 2013. Aliás, achei ele muito melhor que a Trilogia Jogos Vorazes (me julguem). Para os desavisados, o filme desse livro já está em produção e será lançado em setembro desse ano (se não me engano). Então, corram e leiam.

Beijos.
Mari.

Anúncios

5 pensamentos sobre “[Resenha] Maze Runner – Correr ou Morrer – James Dashner

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s